Tragédia:Operário morre em acidente com máquina industrial da Trifil de Itabuna


A fábrica está fechada aguardando a perícia Foto: Oziel Aragão
A fábrica está fechada aguardando a perícia Foto: Oziel Aragão

Um jovem identificado até agora com o prenome Joadson Brito, de 21 anos, morreu sugado por uma máquina industrial instalada na tinturaria da Fábrica Trifil de Itabuna, nesta manhã de quarta-feira (18). A vítima tinha apenas quatro dias de trabalho da empresa, segundo informações de fontes ligadas ao Plantão Itabuna. Um amigo do rapaz passou mal na hora do acidente.

A perícia chegou para realizar o levantamento cadavérico Foto: Oziel Aragão
A perícia chegou para realizar o levantamento cadavérico Foto: Oziel Aragão

Atualizada 09:14

Dois advogados da empresa falaram agora há pouco com a imprensa, revelando poucos detalhes do caso, como, por exemplo, que não tinham conhecimento ainda da forma que ocorreu o acidente. Além disso, fizeram questão de ressaltar que os recém contratados passam por um treinamento e são acompanhados por um colega mais experiente.

Os amigos afirmam que ele tinha apenas quatro dia de trabalho e colocaram numa máquina Foto/Montagem: Oziel Aragão
Os amigos afirmam que ele tinha apenas quatro dia de trabalho e colocaram numa máquina Foto/Montagem: Oziel Aragão

 

Atualizada 09:20

De acordo com o vice-presidente do Sintratec (Sindicato das Indústrias Têxteis e Calçadista), Leandro Cerqueira, informou através do telefone para o Plantão Itabuna que, já solicitou o encerramento das atividades hoje por conta do acidente. Segundo ele, não existe a mínima possibilidade dos colegas trabalharem de forma normal diante da tragédia.

Atualizada 09:44

A vítima já foi identificada pela família e amigos como Joadson Bispo Oliveira, de 19 anos, morador da bairro Vale do Sol.Os amigos estão chocados com a imagem do ocorrido e ao confirmarem através dessa foto dele na rede social, começaram a chorar.

 

 

16 responses to “Tragédia:Operário morre em acidente com máquina industrial da Trifil de Itabuna

  1. Sou de ilhéus mais no momento estou em São paulo agora aparece todos sindicato, ministério do trabalho e outro, mais até quando vamos ter funcionários não preparados pela empresa trabalhando e morrendo em nosso pais para vermos que o certo é ter mais fiscalização. quantos já falaram ao órgãos responsáveis dessa empresa.
    Amigos e familiares meus sentimentos.
    fica a dica isso tem que acabar quantos ainda ira morre?

  2. nós trabalhadores da trifil queremos justiça pelo que ouvir eu trabalho lá perto de onde o rapaz morreu lá e muito perigoso tem uma maquina não sei explica dereito mais sei que se esprodi td mundo morre lá ai ele fica com acedio moral com os deficiente como já acoteceu comigo mesmo queremos justiça!!!

  3. queremos justiça pelo que ouvir com esse rapaz como foi com ele poderia ser comigo ou até com os meu colegas que trabalha comigo na firsan, além disso tem aedio moral com os deficiente humilhação e etc, e tem uma maquina onde esse rapaz morreu que se esplodir todo munda da firsan morre justiça justiça justiça

  4. lamentavel foi preciso acontecer uma tragedia dessa pra acordarem ja trabalhei la e assim nao tem preparo entra hoje ja colocam funcionario pra operar em maquinas desse tipo sem acompanhamento e outras piores la dentro ja vi fazerem teste la com pessoas q nunca mexeram na maquina pra contratar super errado

  5. Prevenção X Segurança devido a tragedia ele agora vão trabalhava na prevenção para acontece um acidente. Mas isso deveria ser feito antes de um acidente.Uma vida ñ tem Peço.Segurança em primeiro lugar.

  6. Não conhecia o rapaz, mas minha filha Thais o conhecia. Minha filha ficou chocada e chorou muito, e eu também chorei, mesmo sem conhecer o rapaz,pois foi um acidente terrível. Que Deus conforte o coração da família dele, dando luz e paz para superar essa tragédia. Que as providencias sejam tomadas, para que não aconteça outra tragédia. O coração do povo Itabunense está de LUTO. Que Deus nos conforte. Amem.

  7. Sabem, porque ainda acontecem acidentes dessa natureza? Falta de comprometimento das empresas com a segurança do trabalho, so dão valor aos profissionais da área quando se veêm no aperto, mais enquanto não precisam realizam o trabalho de qualquer forma e o trabalhadopr com medo de perder o emprego se ve obrigado a realiza-lo,por onde os fiscais do ministerio do trabalho?
    Temos que cobrar mais fiscalização do MTE.

  8. espero que com este acidente olhe para os restante dos funcionário desta fabrica e a de são Paulo pois o perigo e contante

  9. espero que agora a justiça olhe para os retante dos funcionário desta fabrica e da de são Paulo pois os a falta de importância para os funcionário e demais

  10. Trifil, todos comentam da carga horária exagerada, 12 no minimo.
    Além dos riscos constantes e da falta de treinamento.
    Se o funcionário passa mal, eles manda para o hospital e trás de volta para o trabalho.
    E ainda fala se for para casa, perde a cesta básica. Absurdo. Eles não se importa com a segurança do trabalhador, e a maioria é de temporário, porque ninguém aguenta a pressão.
    Essa empresa deve ser investigada, em relação carga horária, trabalho sobre pressão, funcionários sem treinamento. Com certeza vai ser melhor para a própria empresa, e principalmente para o colaborador.

  11. Absurdo, mas uma morte por falta de segurança do trabalho. Essa empresa explora os colaboradores, com cargas horárias absurdas. Os comentários são muitos. Eles deveriam se conscientizar dos riscos que eles colocam milhares de pessoas todos os dias. Sim acidentes acontecem, mas até quando vamos aceitar, que empresas coloquem funcionários sem treinamentos em máquinas perigosa. Só porque nossos governantes não podem parar uma empresa de grande porte, por medo de ficar sem receber impostos. Ninguém tem que se prestar a trabalhar em uma empresa, que coloca diariamente seus colaborados a riscos. Isso demonstra falta de respeito a vida humana. Ainda fala que se o funcionário passar mal, e não voltar para o trabalho, ficará sem cesta básica. Acorda, a vida é linda, para trabalhar para esse tipo de empresa.

Comentários fechados