Quinta-feira é marcada por manifestações contra o aumento da passagem em Itabuna


Estudante, trabalhadores e movimentos sociais protestaram na manhã desta quinta-feira, 8, contra o aumento da tarifa do transporte urbano em Itabuna.

Na última segunda-feira, dia 5, a câmara de vereadores sustou o decreto do executivo que autorizava o aumento. Na tarde de quarta-feira, 7, a Associação  das Empresas de Transportes Urbanos de Itabuna (AETU)  divulgou nota informando que manteria nova tarifa ajustada para R$, 3,30.

Em nota, já divulgada à noite, a Câmara de Vereadores afirmou que a tarifa do transporte coletivo é de R$ 2,85. E na manhã hoje, os vereadores procuraram o Ministério Público Estadual para ingressar com mandado de segurança  contra o aumento da tarifa. A decisão agora está com a justiça.

Ainda pela manhã, o prefeito em exercício, Fernando Gomes Vita, divulgou nota em que disse respeitar o direito do povo, mas considerou  a necessidade do  equilíbrio financeiro  das empresas.