Lyoto e Brunson confirmam luta em SP


Todos os 24 lutadores que subiram à balança na manhã desta sexta-feira para o UFC São Paulo bateram o limite de suas categorias, e não pesaram um grama sequer acima do permitido, confirmando as 12 lutas do card deste sábado. Mas o peso-mosca Deiveson Alcântara, que faz sua segunda luta na organização, fez jus ao apelido de “Deus da Guerra!. Após travar uma batalha contra o peso, apareceu com lágrimas nos olhos diante da balança. Sem esconder todo o esforço para atingir os 57,2kg que precisava, o lutador precisou da toalha para vencer a primeira batalha.

– Ontem estava pesando 58,5kg. À noite trabalhei o psicológico para conseguir mijar um pouquinho e dormi no frio, pois sabia que ia reduzir o peso. Amanheci com 58kg, precisava perder 1kg e fui correr. A minha corrida é de dois minutos, dá tiros de 20 segundos. Bati assim, finalizando com dois rounds de dez minutos na sauna e um pouquinho de banheira. O choro foi uma mistura de muita coisa, e pelo prazer de ter conseguido. Quando achei que não fosse conseguir… Minha família que me treina e trabalha meu psicológico falou que bateria porque sou um guerreiro. Eu fui lá e consegui – declarou o paraense ao Combate.com, com os olhos cheios de lágrimas e encaminhando-se para uma nova avaliação médica.