Lutadores da Alfa Team vencem batalha em Ilhéus

Mais uma vez os alunos da Alfa Team – Centro de Treinamentos, em Itabuna, deram um show de Muay Thai, vencendo em três categorias. São eles: Fernando, Marcos Vinícios e Jefferson Silva. Todos treinados pelo professor Renan Saint. O evento ocorreu em Ilhéus, na academia Corpore, onde vários atletas locais e da região participaram. De … Leia Mais



Polícia de Sydney cita bumerangue e Werdum terá que se apresentar ao tribunal

A confusão entre Fabrício Werdum e Colby Covington nesta semana, na Austrália, pode render um grande prejuízo para o brasileiro. O canal de TV local, 9News, noticiou que o “Vai Cavalo” foi acusado de agredir “Chaos” e precisará comparecer ao tribunal no dia 13 de dezembro, para prestar esclarecimento sobre o ocorrido no hotel na capital Sydney. Colby, no momento … Leia Mais


Itabunense participa de Campeonato Baiano de Boxe

O itabunense Jonatas Passos, 18 anos, vai representar o município no Campeonato Baiano de Boxe, de sexta, 17, até domingo, 19, na cidade de São Felipe. Jonatas é morador do bairro Maria Pinheiro e começou sua trajetória no esporte a cerca de cinco anos no projeto Lutando Pela Paz da Fundação Itabunense de Cultura e … Leia Mais



Popó se aposenta do boxe como um dos maiores do esporte no Brasil


Reprodução Twitter

Um dos maiores boxeadores brasileiros de todos os tempos, o baiano Acelino “Popó” Freitas se despediu do esporte na noite de sábado. E com vitória, como aconteceu em tantas oportunidades ao longo de sua carreira. Ele derrotou o mexicano Gabriel “El Rey” Martínez por pontos no combate realizado em Belém, no Pará.

Foram oito rounds bastante disputados e Popó chegou a ser derrubado, mas acabou sendo declarado vitorioso após decisão unânime dos juízes: 75 x 74, 76 x 73 e 75 x 74. A despedida emocionou o baiano de 42 anos, que a considerou a forma perfeita de se despedir dos ringues.

Esta foi a quarta despedida de Popó, mas ele garante que trata-se da definitiva. Ao longo da carreira, ele acumulou os cinturões dos super-penas da Organização Mundial de Boxe e da Associação Mundial de Boxe, além do título dos leves na Organização Mundial de Boxe. Foram 43 lutas em sua trajetória, com 41 triunfos. (Do R7)


Lyoto e Brunson confirmam luta em SP


Todos os 24 lutadores que subiram à balança na manhã desta sexta-feira para o UFC São Paulo bateram o limite de suas categorias, e não pesaram um grama sequer acima do permitido, confirmando as 12 lutas do card deste sábado. Mas o peso-mosca Deiveson Alcântara, que faz sua segunda luta na organização, fez jus ao apelido de “Deus da Guerra!. Após travar uma batalha contra o peso, apareceu com lágrimas nos olhos diante da balança. Sem esconder todo o esforço para atingir os 57,2kg que precisava, o lutador precisou da toalha para vencer a primeira batalha.

– Ontem estava pesando 58,5kg. À noite trabalhei o psicológico para conseguir mijar um pouquinho e dormi no frio, pois sabia que ia reduzir o peso. Amanheci com 58kg, precisava perder 1kg e fui correr. A minha corrida é de dois minutos, dá tiros de 20 segundos. Bati assim, finalizando com dois rounds de dez minutos na sauna e um pouquinho de banheira. O choro foi uma mistura de muita coisa, e pelo prazer de ter conseguido. Quando achei que não fosse conseguir… Minha família que me treina e trabalha meu psicológico falou que bateria porque sou um guerreiro. Eu fui lá e consegui – declarou o paraense ao Combate.com, com os olhos cheios de lágrimas e encaminhando-se para uma nova avaliação médica.