Santa Casa lembra dia da Prematuridade com alerta importante

O dia 17 de novembro é lembrado como Dia da Prematuridade, condição de nascimento de bebê antes de completada a idade gestacional ideal e que acarreta, na maior parte das vezes, na necessidade de intervenção médico-hospitalar para garantia do ciclo de formação. Considerada uma condição adversa, os números de prematuridade alertam para a necessidade de … Leia Mais


Campanha chama atenção para cuidados com a audição

Realizada durante o mês conhecido como Novembro Laranja, a Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido chama a atenção da população para a importância de prevenção e cuidados com a audição. O zumbido no ouvido é um problema cada vez mais frequente na população e atinge as mais variadas faixas-etárias. Segundo a Associação de Pesquisa Interdisciplinar e … Leia Mais


Trifil implanta curso profissionalizante em parceria com o Senai

Será lançado na próxima terça-feira, 21, na sede de empresa Trifil, curso de Formação de Aprendizes em Mecânica de Teares Circulares, que será implementado na cidade através de uma parceria entre a Trifil (Itabuna Têxtil) e o Senai de Ilhéus. A contará com as presenças de Liliana Aufiero, presidente da Trifil e da Lupo, o prefeito … Leia Mais


Morre o artista plástico Frans Krajcberg

O artista plástico Frans Krajcberg morreu , aos 96 anos, nesta quarta-feira, 15, no Rio de Janeiro. O escultor, pintor, gravador e fotógrafo, que nasceu, em 1921, em Kozienice, na Polônia, estava internado há um mês para tratar de infecções. Frans chegou a ser internado em Teixeira de Freitas, cidade próxima de Nova Viçosa, onde vivia … Leia Mais


Número de nascimentos cai no Brasil

O número de nascimentos registrados no Brasil caiu pela 1ª vez desde 2010, segundo as estatísticas do Registro Civil 2016, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O levantamento mostra que no ano passado também houve queda no número de casamentos, ao passo que o de divórcios aumentou. Em 2016, foram registrados 2,79 … Leia Mais


EUA mudam classificação para pressão alta


Novas diretrizes mudam o limite para a classificação de pressão arterial alta nos Estados Unidos. Com isso, 46% dos adultos americanos passam a ter a doença.

Durante décadas, a pressão de uma pessoa era considerada alta quando persistia maior que 140 por 90, limite também usado no Brasil. Uma dúzia de grupos médicos anunciou uma mudança nesta leitura: agora, passa a valer a partir de 130 por 80.

Com essa nova diretriz, mais 14% dos adultos dos EUA passam a ter o problema – acréscimento de 30 milhões de pessoas, mas apenas 2% precisarão de medicação imediatamente. O restante precisará tentar estilos de vida mais saudáveis, de acordo com o conselho de médicos que aprovou a medida. Dietas pobres, falta de exercício e outros maus hábitos causam 90% dos problemas de pressão.

O risco de doenças cardíacas, acidentes vasculares cerebrais e outros problemas caem à medida que a pressão sanguínea é estabilizada. O novo limite “é mais honesto” sobre o número de pessoas que tem o problema, segundo Paul Whelton, médico da Universidade Tulane, que liderou o painel de diretrizes.

Apenas metade dos americanos com hipertensão tem controle sobre a doença. O anúncio dessa nova medida ocorreu em conferência da Associação Americana do Coração, em Anaheim, na Califórina.(Do Bem Estar)


Feirão Limpa Nome; a maioria das dívidas é do cartão de crédito


Entre as pessoas que conseguiram renegociar suas dívidas no Feirão Limpa Nome da Serasa Experian, a maioria entrou no vermelho por causa de dívidas com cartão de crédito, incluindo também cartões de lojas e varejo. Das 350 mil dívidas renegociadas na primeira semana, 32,9% eram deste segmento.

Bancos e empresas de telecomunicação também se destacaram entre as empresas mais procuradas por consumidores inadimplentes em busca de quitação de suas dívidas.

O número de dívidas renegociadas na primeira semana de feirão já é maior do que a quantidade total da edição de 2016, com 320 mil pessoas.

Para ter acesso, basta acessar o site do Feirão da Serasa. (Com informações do G1)