Plantão Itabuna: Delegado fala de confronto com quadrilha de Deleon


Axe da Sorte

Criança na Bahia morre engasgada com próprio dente após extração

Menina chegou a ser atendida em posto de Ubaitaba (Foto: Jacson Cristiano/Ubaitaba Urgente)
Menina chegou a ser atendida em posto de
Ubaitaba (Foto: Jacson Cristiano/Ubaitaba Urgente)

Em contato com o G1 nesta quarta-feira (30), o coordenador de saúde bucal do município, Frederico Monteiro, informou que uma dentista da cidade estava extraindo o dente da criança, quando o mesmo escorregou do alicate e caiu na boca da menina. Com isso, ela engoliu o dente e acabou engasgando. A situação ocorreu na manhã de terça-feira (29) e o corpo da criança foi enterrado na manhã desta quarta-feira.

“Todos os pacientes gostam dela [da dentista], nunca houve relato negativo por parte de quem é atendido por ela. Foi uma fatalidade, a criança estava um pouco agitada e aspirou o dente. A mãe estava na sala, pois não fazemos procedimentos com crianças sem a presença dos pais. As primeiras manobras foram feitas no local pois temos um Posto de Atenção Básica [PSF], mas em seguida encaminhamos ela para um hospital de Itabuna”, explicou Monteiro. Segundo ele, a família da menina está inconsolável, mas não culpa a dentista, pois a mesma já tinha atendido a criança outras três vezes.

O coordenador não informou quais as medidas serão tomadas sobre a atividade profissional da dentista, mas ela deve ficar afastava porque está grávida e, após saber da morte da criança, entrou em estado de choque. Ainda segundo o cordenador, a profissional já havia trabalhado no posto há quatro anos e estava substituindo outra dentista há dois meses.

Segundo o assessor administrativo da Secretaria de Saúde do município, Augusto Menezes, o setor jurídico da secretaria ainda vai averiguar se foi um erro profissional. Em contato com a delegacia da cidade, o escrivão da unidade policial informou que até as 14h50 desta quarta-feira a família da criança não havia prestado queixa sobre a situação.

Camacã:Contratante da morte de Kátia Cristina entra no tribunal do Júri de máscara

Reginaldo, o executor
Reginaldo, o executor

Por Agnaldo Santos-Neste momento está acontecendo o Júri Popular da morte da empresária Kátia Cristina, no Fórum Desembargador Antônio Carlos Souto em Camacã. No julgamento desta quarta-feira (30), estão sentados no banco dos réus: Reginaldo Amaral o executor e Ovídeo Santos Sampaio, o contratante. O júri popular teve início por volta das 09:30. Durante toda a manhã algumas testemunhas, prestaram esclarecimentos em juízo e uma delas fez o reconhecimento de Reginaldo, por meio de uma vidraça, como sendo o responsável pelos disparos que culminaram com a morte de Kátia Cristina. Por Volta das 10:30, a presidente do Tribunal do júri Emanuele Vita Leite Armede, ordenou que entrasse ao plenário, o réu Ovídeo Sampaio, mas quando entrou, surpreendeu a platéia, pois estava com uma máscara no rosto. Reginaldo não foi permitido entrar, pelo fato de está infectado por uma tuberculose, e só entrará em plenário no exato momento do seu interrogatório e isso explica o fato de Ovídeo ter entrado de máscara, porque sempre está ao lado de Reginaldo, o réus que está doente.

10527785_322760361225866_3747195367996421775_n

Um investigador da Polícia civil Itabunense que participou diretamente da investigação neste caso e fez parte da equipe do então coordenador Moisés Damasceno, relatou em seu depoimento, que várias gravações em vídeo foram feitas pelos acusados confessando participações e nestas gravações, os acusados, apontaram o marido da vítima o empresário Edvan Ribeiro, como autor intelectual, José Roberto como contratante de Ovídeo. Este último foi quem contratou Reginaldo por R$ 1 mil reais, para matar Katia Crista. Segundo consta nos autos, José Roberto entrou com recurso no Tribunal de justiça da Bahia e responde o processo em liberdade. O júri desta quarta-feira é presidido pela Juíza Emanuele Vita Leite Armede, acusação impetrada pela Promotora Pública Catarine Rodrigues, e os auxiliares João Neto e Ariomar José Figueredo. A defesa fica por conta do advogado criminalista Josemar Dantas.

Acusados da morte de empresária em Camacan vão a juri

Reginaldo confessou ser o atirador, o homem que esperou a vítima sair da igreja
Reginaldo confessou ser o atirador, o homem que esperou a vítima sair da igreja

O Fórum Desembargador Antônio Carlos Souto está cerca do policiais nesta quarta-feira (30), o motivo é o tão esperado julgamento dos acusados de matar em dezembro de 2010, a empresária Kátia Cristina, quando ela saia de uma Igreja evangélica, após um culto. São eles: O pistoleiro Ovídio Santos Sampaio e Reginaldo Amaral. Este último é réu confesso, ele já confessou o crime, sendo ele o atirador, na frente dos filhos menores e da mãe Cristina.

Os criminosos apontaram o esposo da vítima, o empresário Edvan Ribeiro, como o autor intelectual do assassinato. Em uma entrevista a imprensa, numa coletiva no complexo policial de Itabuna, momentos após a prisão dos envolvidos, Edvan Ribeiro disse que não conhecia os pistoleiros, e que não tinha participação na morte de sua esposa. Depois  das prisões dos envolvidos, houve uma reconstituição da morte da empresária, realizada no dia 1 de agosto de 2012 com  Reginaldo Amaral, onde contou passo a passo como fez para executar a execução. O júri  começou por volta das 09:00hs, e deve terminar por volta das 18:00 horas.

 

Ovídio e o Filho quando foram presos
Ovídio e o Filho quando foram presos

Acusado de matar ‘Guerreiro’ em Ilhéus é preso

IMG-20140730-WA0006

Jones Correia dos Santos, vulgo Jones, 23 anos, foi preso em flagrante na noite de ontem(29) em Ilhéus, por policiais da Delegacia de Homicídios. Ele estava escondido numa fazenda no distrito de Banco Central, e firmou ter matado com um golpe de facão, Fabio dos Santos, Guerreiro, durante a madrugada. Em depoimento a delegada Andréa Oliveira,da DH, Jones disse que o motivo do crime teria sido uma “quebrança”. Segundo o acusado, Guerreiro estaria usando dinheiro da feira da semana, para comprar drogas . A policia acredita que o outro envolvido e detido na mesma operação, Edson Sá Rocha,tenha ocutado o corpo da vitima. Informação negada pelo assassino confesso. A policia, após ouvir depoimentos, disse acreditar que os dois criminosos e a vitima estão envolvidos em furtos naquela região.Os dois foram flagranteados e nesta quarta encaminhados para o Presidio Ariston Cardoso.

PMs são homenageados e premiados em cerimônia

homenagemNesta terça-feira (29), policiais militares do 15º Batalhão receberam homenagens e prêmios pelos serviços prestados à sociedade. Os prêmios foram entregues aos policiais que demonstraram “excelência operacional”, realizando um bom número de apreensão de armas, drogas, assim como recuperando veículos e realizando prisões neste primeiro semestre de 2014.

Atualizada: Morre Prefeito de Itagimirim após ser baleado

ftdNesta terça-feira por volta das 19 horas prefeito de Itagimirim, Rielson Lima (PMDB), foi baleado. Ele estava na porta de um bar com um amigo quando um homem com capacete chegou e começou atirar.

Segundo informações, o prefeito foi atingido por três tiros, mas conseguir correr e se proteger em uma residência, com isso o atirador fugiu com medo da chegada da polícia.

O prefeito foi levado para o hospital do município, e em seguia foi transferido para o hospital de Eunápolis.

Jornalistas entram no Presídio de Itabuna e fazem documentário, “O cárcere de batom”

plantaopresidioitabuna20042014-4

“O cárcere de batom” é um documentário cujas protagonistas são interna do Conjunto Penal de Itabuna, situado na região Sul da Bahia. O filme apresenta, a partir dos depoimentos de quatro detentas, a condição da mulher presidiária do ponto de vida individual e social. Este documentário parte da pretensão de promover uma reflexão acerca da população carcerária, em particular a feminina, visto que, nas últimas décadas, o Brasil vem apresentando um crescimento substancial de crimes praticados por mulheres e, paradoxalmente, o sistema prisional ainda não se encontra devidamente adaptado para acolher essas pessoas.

O documentário é uma produção de Maria Luiza Sales e Raiane Amorim, graduadas em Comunicação Social pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).